Medicina Tradicional Chinesa
Baseia-se numa serie de intervenções dirigidas à recuperação do equilíbrio do ser humano. A “doença” é, na medicina tradicional chinesa, uma questão de desarmonia ou desequilíbrio. Esta medicina tradicional apoia-se no conceito tauista do equilíbrio entre os 5 elementos (terra, madeira, fogo, água e metal) e também nos conceitos do budismo.
Cinco axiomas tauistas constituem a sua base:
1. Existem leis naturais que governam o Universo, incluindo os seres humanos
2. A ordem natural do Universo é, de forma inata, harmoniosa e bem organizada.
3. O Universo é dinâmico, e a mudança é a sua única constante. O estancamento está em oposição à lei do Universo e produz o que a “medicina ocidental” denomina de doença.
4. Todos os elementos vivos estão ligados e são independentes
5. Os seres humanos estão intimamente relacionados com o seu meio e são afetados por todas ações que acontecem nele.
Esta medicina é usada no tratamento de doenças crónicas, tem em conta os aspectos pessoais (é holística – favorece não só a saúde física mas também a mental, emocional e espiritual), trata a causa original/básica da doença, para além dos sintomas manifestados.
Yin e Yang: São dois princípios separados mas complementares que descrevem o Universo e o corpo. Estes dois princípios estão em constante interação, opondo-se ou influenciando-se entre si.
Nada é completamente yin ou yang mas uma combinação de ambos.
Na temperatura yin é frio e yang é quente, no género yin é feminino e yang é masculino, na atividade yin é passivo e yang é ativo, etc.
O Qi (ou Chi) é a energia vital fundamental do Universo. Encontra-se no ambiente no ar, na água nos alimentos e na luz do sol. No corpo é a força vital que cria e anima a vida. O nível e quantidade do qi de uma pessoa depende também do estado de equilíbrio físico, mental e emocional. O qi viaja ao longo do corpo através de canais denominados de meridianos.
Nutrição Integrativa
A alimentação é uma das bases fundamentais para a sustentação da nossa saúde. Já Hipócrates (considerado por muitos o Pai da Medicina) dizia: “Que o teu alimento seja o teu remédio”. Todos nos sabemos como saciar a fome.
A questão é, saberemos nós como nos nutrir?
Quais os nutrientes/alimentos que precisamos para sentirmos que o nosso organismo está bem/equilibrado?As consultas de nutrição tentam dar resposta a esta questão.
É sobretudo um trabalho de equipa entre o paciente e o nutricionista.Cada paciente é cuidadosamente avaliado para que se consiga estabelecer um plano alimentar que esteja à altura das necessidades específicas. Progressivamente vamos alcançando os nossos objetivos e aprendendo a respeitar os nossos corpos, sem fundamentalismos porque, como em tudo na vida, o segredo está no equilíbrio. Saiba mais sobre Nutrição. Aceda aos Artigos Científicos sobre esta matéria. Para mais informações e/ou marcações por favor entre em contacto.
Osteopatia Integrativa

A Organização Mundial de Saúde define a Osteopatia como “um sistema de medicina que enfatiza a teoria de que o corpo pode autorregular-se/auto reequilibrar-se desde que as relações estruturais normais, condições ambientais e a nutrição estejam acauteladas.” É um método que dá bastante atenção quer à mecânica do corpo, quer a métodos manipulativos no diagnóstico e na terapia. Trata um vasto leque de disfunções e é utilizado muitas vezes como forma de prevenção/manutenção do estado geral de saúde. Recorre a técnicas para, por exemplo, aliviar tensões musculares, aumentar a mobilidade de ligamentos, potenciar o fornecimento de sangue aos tecidos promovendo, por um lado, a saúde e por outro lado, prevenindo a reincidência de determinados sintomas. A Osteopatia é ainda uma metodologia que poderá ajudar no tratamento/alivío dos seguintes sintomas:
– Problemas de coluna (vervicalgias, dorsalgias, lombalgias, hérnias discais, ciática);
– Dores de cabeça (cefaleias);
– Perturbações digestivas (hérnia do hiato, refluxo gástrico, vesícula preguiçosa, obstipação).
Para mais informações e/ou marcações entre em contacto.

Psicogenealogia Aplicada
A psicogenealogia sana a nossa história familiar. Estuda os laços que unem as gerações e que são responsáveis pela história privada, pessoal, relacional e social de cada um. Baseia-se no estudo da influência da vida dos nossos familiares sobre a nossa saúde e no princípio de que nossos ancestrais nos transmitem crenças e valores que influenciam nosso comportamento. A psicogenealogia ajuda a explicar o porquê e como um evento que ocorreu antes do nosso nascimento pode ter um impacto em nossas vidas, é entender qual é o papel e o lugar de cada um, o seu propósito, os objectivos de cada membro do clã e como é transmitido de geração em geração.
Para mais informações e/ou marcações entre em contacto.
Coaching/PNL
O modelo Coaching é uma relação profissional que consiste na arte e metodologia de facilitar ou acompanhar um pacientes durante um processo criativo e não-directivo, que aumenta a capacidade de auto-descoberta e auto-aprendizagem e convida a acção nas áreas propostas por eles.
Levando em conta o Paciente na sua totalidade (dimensão emocional, mental, linguística, corporal, etc.) e sua relação com o meio ambiente, para promover nele, tanto a reflexão quanto o aumento da consciencialização e tomada de decisão.
A intenção é capacitar o Paciente, para que ele tenha a capacidade de se auto-descobrir.
Em suma, trata-se de nos fazer a seguinte pergunta:
Como posso melhorar em …?
Para mais informações e/ou marcações por favor entre em contacto.
Astrologia Psicológica

O objetivo duma consulta de Astrologia Psicológica é a compreensão global e a psicossíntese da sua personalidade, ativando as melhores capacidades que traz consigo de nascimento.
Numa conversa de 90 minutos, explorar-se-ão as suas possibilidades, para o seu melhor desenvolvimento nas áreas vitais da vida de cada pessoa. Para mais informações e/ou marcações por favor entre em contacto.